terça-feira, 2 de abril de 2019

DMX nova criptomoeda promete revolucionar o mercado e possibilitar micro pagamentos para uso no dia a dia

A nova criptomoeda promete revolucionar o mercado e possibilitar micro pagamentos para uso no dia a dia.





A Digital Money  sigla DMX, está sendo lançada no mercado e promete resolver deficiências que outras criptomoedas como o Bitcoin ainda apresentam. Sua tecnologia permite executar micro pagamentos do dia a dia, além de possuir um sistema de auto-lastro que pretende garantir o valor mínimo da moeda e evitar flutuações excessivas e perda de valor.  isso uma realidade!

    “hoje no mercado existem mais de duas mil criptomoedas que surgiram após o Bitcoin. O momento atual é como o da década de 90 na internet, onde empresas como o Google e a Amazon estavam sendo criadas. Logo, as maiores criptomoedas do futuro podem ainda nem terem nascido. A blockchain da Digital Money é otimizada para realizar operações instantâneas com baixo custo através de uma interface de fácil uso. A meta da DMX é simplificar o uso das criptomoedas, facilitando e proporcionando o acesso a todas as pessoas”.

Sobre a confiabilidade das criptomoedas, Maicon afirma que o sistema financeiro mundial teve de se render: “Uma criptomoeda é igual qualquer outra moeda, como o Real ou o Dólar. O CEO do JPMorgan, Jamie Dimon, 3 anos atrás disse que o Bitcoin era uma fraude. Um ano depois de dizer isto, ele declarou à imprensa que se arrependia, e agora o JPMorgan, o maior banco dos Estados Unidos, está criando a sua própria criptomoeda. Isso mostra que o sistema financeiro tradicional está se curvando à nova realidade das moedas virtuais”.
como funciona o sistema de gestão e a aquisição da nova moeda: “Nas criptomoedas as transações são efetuadas entre utilizadores. Cada transação fica registrada em um livro de registros descentralizado chamado blockchaine este registro é público e imutável. As compras de DMX podem ser feitas e pagas com Bitcoins diretamente pelo site oficial durante o período de ICO. (período inicial de oferta da moeda). 
A nova moeda Digital Money é um concorrente indireto do Bitcoin. Maicon afirma que existe espaço no mercado para ambas.


Bitcoin x Digital Money
A ideia da nova moeda é se tornar o PayPal das criptomoedas, facilitando o uso para estabelecimentos e usuários. Por exemplo, na Digital Money será possível transferir DMX para um “alias” que é um apelido para a sua carteira na blockchain. Isso significa que você poderá transferir suas DMX para o “João” ou para a “Ana Carla” e não para aquela hash cheia de números e letras maiúsculas e minúsculas como é o padrão do mercado.
Além disso, a nova moeda visa criar soluções de pagamentos para que os comércios aceitem criptomoedas em seus estabelecimentos, sem estar sujeitos ao risco das oscilações dos criptoativos que receberem. Para isso o sistema irá converter, automaticamente através de APIs com exchanges locais, as criptomoedas recebidas em moeda corrente de sua preferência.
O Projeto
Tudo começou quando em 2018 fui ao Consensus em NY, evento que reuniu mais de 8 mil pessoas ligadas ao mercado de criptomoedas. Conheci lá dois programadores que mais tarde lançariam no mercado o conceito do auto lastro.
Nenhuma criptomoeda tem lastro. Até mesmo o dólar já perdeu o seu lastro no ouro, quando o Presidente Nixon assinou o fim do padrão-ouro em 1971. Isso significa que o valor de uma criptomoeda é definido unicamente pela demanda de compra e venda. Se encontrarem um erro no código ou por qualquer outra razão ninguém mais quiser comprar um Bitcoin, a moeda passa a valer zero. A ideia do auto lastro resolve esse paradoxo do mercado de forma simples de entender.
A Digital Money irá enviar uma taxa de cada transação em sua rede de pagamentos para um fundo que será gerido e auditado por executivos contratados. Quanto mais ela for utilizada pelas pessoas, mais dinheiro produzirá para o fundo. A função desse fundo é garantir um valor mínimo para a moeda em caso de crise, o que pode gerar mais segurança para investidores e, a longo prazo, até um cenário ideal de deflação.
Acredito que essa seja uma ideia diferenciada, porque claramente o foco da criptomoeda está em seu uso. Em um mercado tão novo e volátil, uma criptomoeda que quanto mais é utilizada mais segura se torna, pode atrair a atenção de pessoas do mundo todo.
O link da inscrição 👇🏻👇🏻👇🏻👇🏻👇🏻venham entrar no mercado milionário seja mais um investidor e saia da dependência do seu trabalho ganhe essa renda extra.
https://www.thedigitalmoney.io/brunokratos
WhatsApp: 557199210-1936

Preço da moeda 💴: 0,30 centavos 







sábado, 5 de setembro de 2015

Pizzaiolo

O QUE É?

O pizzaiolo é o profissional que prepara pizzas, iguaria de formato redondo, feito de massa de farinho de trigo, com cobertura diversa, salgada ou doce. Ele fica encarregado de preparar as massas, recheios, temperos e aperitivos de uma pizzaria, restaurante, hotel ou qualquer estabelecimento alimentício, para ser servido na pizza. Um pizzaiolo também pode supervisionar outros pizzaiolos dentro de um estabelecimento grande, para que as produções sejam bem efetivadas.

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS?

Um pizzaiolo, acima de tudo, deve identificar-se com o ramo alimentício e gostar de cozinhar. É necessário que conheça os ingredientes que tem em mãos e saiba utilizar corretamente seus instrumentos de trabalho. Além disso, o profissional precisa saber manter a calma na hora de maior movimento do local onde trabalha. Características desejáveis boa disposição física boa memória boa vontade capacidade de ouvir sugestões e críticas dinamismo gosto por culinária gosto por servir paciência resistência física agilidade disponibilidade de tempo perseverança noções de estética na hora de montar a comida

QUAL A FORMAÇÃO NECESSÁRIA?

Para ser pizzaiolo, não é necessário ter uma formação de curso superior específico. É pré-requisito que o profissional tenha, pelo menos, o primeiro grau completo. Porém, existem alguns cursos no SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e no SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) que oferecem ao pizzaiolo noções completas de todos os processos para se fazer uma pizza com qualidade e economia, noções de gerenciamento para quem quiser abrir sua própria pizzaria. Esses cursos podem ser técnicos ou de qualificação e aperfeiçoamento de técnicas alimentícias, envolvendo aprendizado sobre os produtos manufaturados e industrializados, relação com o meio ambiente, confecção de alimentos, etc.

PRINCIPAIS ATIVIDADES

fabricar a massa das pizzas e colocá-la no forno fabricar os temperos, recheios e coberturas que irão ser colocados na massa já pronta arrumar os ingredientes de maneira ordenada e bonita em cima da massa para ser servida supervisionar um estabelecimento que serve pizzas

ÁREAS DE ATUAÇÃO E ESPECIALIDADES

V O pizzaiolo pode exercer sua atividade em pizzarias, bares, hotéis, restaurantes e buffets. O profissional pode trabalhar em eventos e festas promovidos por empresas ou famílias. Essa profissão também pode ser exercida como meio alternativo, e também participar de concursos alimentícios que acontecem anualmente no Brasil.

MERCADO DE TRABALHO

O mercado para esses profissionais é muito amplo e está em constante crescimento, pois existe grande demanda de pizzaiolos em todos os lugares. A mão-de-obra nem sempre é suficiente para atender as pizzas que saem a cada 12 segundos, totalizando mais de um milhão dessas especiarias por dia.

CURIOSIDADES

"Picea" indicava um disco de massa assada com ingredientes por cima, e era servida com ingredientes baratos por ambulantes. A receita objetivava "matar a fome" principalmente da parte mais pobre da população do sul da Itália. Normalmente a massa de pão recebia como sua cobertura toucinho, peixes fritos e queijo. O que deu origem à pizza foi o lagano, massa fina assada, cortada em tiras e cozida com verduras. Essa iguaria foi produzida pela primeira vez em Nápoles, Itália, no século XVII. Em 1830 foi aberta a primeira pizzaria italiana, chamada Port'Alba, que era ponto de encontro entre intelectuais, artistas, músicos, poetas e escritores, entre eles o famoso Alexandre Dumas, autor de "Os três mosqueteiros". Esses lugares eram ao ar livre, o que proporcionava uma apreciação mais prazerosa da pizza. Em 1889, o Rei Humberto I e sua esposa, a Rainha Marguerita, pediram ao melhor pizzaiolo da cidade, Dom Raffaello Espósito, que cozinhasse para eles. Raffaello preparou então diversas pizzas, mas a que chamou a atenção da realeza foi uma receita com muzzarela, tomate e basilicão que lembravam as cores da bandeira de uma Itália recém-unificada: branco, vermelho e verde. A pizza passou a ser chamada, então, de Alla Marguerita (em tradução livre, à Marguerita, se referindo à Rainha). A pizza chegou no Brasil trazida com a imigração dos próprios napolitanos no final do século XIX e, com sua popularidade e sabores inigualáveis, conquistou legiões de consumidores mundo afora.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Que tipo de pizzaria montar?


Existem diversos tipos de formatos e modelos de negócio para quem deseja montar uma pizzaria. Embora o objeto do negócio seja praticamente o mesmo, os modelos variam bastante. Basicamente são quatro as opções para quem quer montar uma pizzaria:
  • Pizzarias a La Carte – É o formato mais tradicional onde o cliente escolhe a pizza a partir do cardápio sugerido.
  • Pizzaria Rodízio – Veio na onda dos rodízios e faz um grande sucesso. Trabalha com preço fixo e oferece uma gama variada de tipos de pizza.
  • Pizzaria Fast Food – Tem o modelo americano de fast food e geralmente comercializa apenas pedaços de pizza para consumo imediato.
  • Pizzaria Delivery – Sua principal característica é trabalhar apenas com o sistema de entrega a domicílio. Leia este artigo.

Cada um desses modelos tem características próprias e também diferentes graus de investimento inicial. Para montar uma pizzaria é necessário fazer uma análise prévia do local e concorrência na área em que você deseja atuar. Nem sempre montar uma pizzaria é como montar uma lanchonete. Você deve tentar identificar nichos e serviços que ainda não são atendidos pelas pizzarias estabelecidas e tentar suprir essa demanda reprimida.
Muita gente, por falta de conhecimento sobre como montar uma pizzaria, parte para a alternativa das franquias, mas muitas vezes reclama das altas taxas cobradas.

Investimento em equipamentos para montar uma pizzaria

Essa é talvez a parte mais custosa do projeto de quem vai montar uma pizzaria. Os equipamentos na área de alimentos costumam ter preços bem salgados, principalmente pela falta de concorrência no Brasil.
Para montar uma pizzaria, além dos equipamentos básicos na área de alimentos, como geladeiras, freezers e outros, é necessária a aquisição de alguns equipamentos específicos do negócio como:
  • Máquina para o preparo da massa;
  • Máquina de rolamento;
  • Cortador de frios.
Esses dois equipamentos são imprescindíveis em qualquer pizzaria e por isso, aconselhamos que sejam os primeiros a serem cotados junto aos fornecedores desse tipo de equipamento, inclusive, porque o mercado está bastante aquecido e pode chegar a haver fila de espera para entrega do produto.

Bons fornecedores são essenciais para quem vai montar uma pizzaria

Os ingredientes são uma das partes mais sensíveis no segmento de alimentação, portanto, devem ser alvo de pesquisa intensa por parte de quem deseja saber como montar uma pizzaria.
Dois ingredientes merecem destaque, a farinha de trigo e os queijos, que por serem a base do negócio devem ser comprados diretamente dos fabricantes ou representantes para que você consiga preços mais competitivos.
Para produtos não perecíveis como sal, extrato de tomate, temperos especiais e outros, a melhor opção é compra-los em atacadistas, que costumam ter preços mais em conta que os supermercados. Já para os perecíveis de alto consumo em uma pizzaria como tomates e outros ingredientes, a melhor opção são as centrais de abastecimento  de hortifrutigranjeiros.
Se você queria saber como montar uma pizzaria, estas foram algumas dicas para você poder iniciar seu planejamento. Você pode também buscar orientação noSebrae da sua cidade e até mesmo em sites especializados como o Fórum de Pizzarias, onde várias pessoas que trabalham neste segmento discutem assuntos e oportunidades da área.
Outra opção para quem deseja capacitação para montagem de uma pizzaria é o curso Como Montar e Administrar uma Pizzaria” oferecido pelo  CPT – Centro de Produções Técnicas. O curso aborda com detalhes os assuntos que interessam a quem deseja saber como montar uma pizzaria. O sucesso de uma pizzaria está ligado à administração eficiente e gerenciamento correto de processos.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Pizza De 2 Sabores

Boa Tarde Uma das Minhas especialidades culinárias pizza italiana de 2 sabores (Portuguesa) (Milho-verde com Frango) muito saborosa curtam nossa pagina no facebook:
PizzasMestreCuca

domingo, 23 de agosto de 2015

PizzasMestreCuca é uma empresa do ramo alimentício especializada na preparação e entrega de pratos prontos em domicílio e preocupada em oferecer aos seus clientes um atendimento diferenciado e produtos de qualidade. Tudo a um preço justo.
E assegura a melhoria contínua na prestação dos serviços de alimentação, fornecendo produtos de qualidade em ambiente agradável ou com a comodidade do serviço em domicílio, atendendo às necessidades dos seus clientes, colaboradores,com rentabilidade do negócio e responsabilidade social.
Free Advertising Rankings autosurf