sábado, 5 de setembro de 2015

Pizzaiolo

O QUE É?

O pizzaiolo é o profissional que prepara pizzas, iguaria de formato redondo, feito de massa de farinho de trigo, com cobertura diversa, salgada ou doce. Ele fica encarregado de preparar as massas, recheios, temperos e aperitivos de uma pizzaria, restaurante, hotel ou qualquer estabelecimento alimentício, para ser servido na pizza. Um pizzaiolo também pode supervisionar outros pizzaiolos dentro de um estabelecimento grande, para que as produções sejam bem efetivadas.

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS?

Um pizzaiolo, acima de tudo, deve identificar-se com o ramo alimentício e gostar de cozinhar. É necessário que conheça os ingredientes que tem em mãos e saiba utilizar corretamente seus instrumentos de trabalho. Além disso, o profissional precisa saber manter a calma na hora de maior movimento do local onde trabalha. Características desejáveis boa disposição física boa memória boa vontade capacidade de ouvir sugestões e críticas dinamismo gosto por culinária gosto por servir paciência resistência física agilidade disponibilidade de tempo perseverança noções de estética na hora de montar a comida

QUAL A FORMAÇÃO NECESSÁRIA?

Para ser pizzaiolo, não é necessário ter uma formação de curso superior específico. É pré-requisito que o profissional tenha, pelo menos, o primeiro grau completo. Porém, existem alguns cursos no SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e no SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) que oferecem ao pizzaiolo noções completas de todos os processos para se fazer uma pizza com qualidade e economia, noções de gerenciamento para quem quiser abrir sua própria pizzaria. Esses cursos podem ser técnicos ou de qualificação e aperfeiçoamento de técnicas alimentícias, envolvendo aprendizado sobre os produtos manufaturados e industrializados, relação com o meio ambiente, confecção de alimentos, etc.

PRINCIPAIS ATIVIDADES

fabricar a massa das pizzas e colocá-la no forno fabricar os temperos, recheios e coberturas que irão ser colocados na massa já pronta arrumar os ingredientes de maneira ordenada e bonita em cima da massa para ser servida supervisionar um estabelecimento que serve pizzas

ÁREAS DE ATUAÇÃO E ESPECIALIDADES

V O pizzaiolo pode exercer sua atividade em pizzarias, bares, hotéis, restaurantes e buffets. O profissional pode trabalhar em eventos e festas promovidos por empresas ou famílias. Essa profissão também pode ser exercida como meio alternativo, e também participar de concursos alimentícios que acontecem anualmente no Brasil.

MERCADO DE TRABALHO

O mercado para esses profissionais é muito amplo e está em constante crescimento, pois existe grande demanda de pizzaiolos em todos os lugares. A mão-de-obra nem sempre é suficiente para atender as pizzas que saem a cada 12 segundos, totalizando mais de um milhão dessas especiarias por dia.

CURIOSIDADES

"Picea" indicava um disco de massa assada com ingredientes por cima, e era servida com ingredientes baratos por ambulantes. A receita objetivava "matar a fome" principalmente da parte mais pobre da população do sul da Itália. Normalmente a massa de pão recebia como sua cobertura toucinho, peixes fritos e queijo. O que deu origem à pizza foi o lagano, massa fina assada, cortada em tiras e cozida com verduras. Essa iguaria foi produzida pela primeira vez em Nápoles, Itália, no século XVII. Em 1830 foi aberta a primeira pizzaria italiana, chamada Port'Alba, que era ponto de encontro entre intelectuais, artistas, músicos, poetas e escritores, entre eles o famoso Alexandre Dumas, autor de "Os três mosqueteiros". Esses lugares eram ao ar livre, o que proporcionava uma apreciação mais prazerosa da pizza. Em 1889, o Rei Humberto I e sua esposa, a Rainha Marguerita, pediram ao melhor pizzaiolo da cidade, Dom Raffaello Espósito, que cozinhasse para eles. Raffaello preparou então diversas pizzas, mas a que chamou a atenção da realeza foi uma receita com muzzarela, tomate e basilicão que lembravam as cores da bandeira de uma Itália recém-unificada: branco, vermelho e verde. A pizza passou a ser chamada, então, de Alla Marguerita (em tradução livre, à Marguerita, se referindo à Rainha). A pizza chegou no Brasil trazida com a imigração dos próprios napolitanos no final do século XIX e, com sua popularidade e sabores inigualáveis, conquistou legiões de consumidores mundo afora.

Nenhum comentário: